Receita Federal inicia nova operação de Malha PJ relativa aos recolhimentos de IRPJ e CSLL

8 de dezembro de 2021

Nesta semana, a Receita Federal do Brasil (RFB), anunciou que irá iniciar uma operação Malha PJ relativa à insuficiência de recolhimentos de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL). A operação, nesta fase, abrange os contribuintes do Lucro Real Trimestral.

Com base no cruzamento da Escrituração Contábil Fiscal (ECF), Declaração de Créditos e Débitos Federais (DCTF), do próprio contribuinte e de terceiros, a RFB identificou pendências nos recolhimentos relativos ao ano-calendário 2018. Aproximadamente 4.000 contribuintes, destes 247 são do estado do Paraná, foram notificados, e convocados a regularizar as pendências até o dia 21/01/2022, espontaneamente, e após este prazo será realizada nova verificação nas declarações.

Caso o contribuinte não efetue a regularização, estará sujeito ao lançamento de ofício.

Segundo a RFB, o valor de insuficiência de recolhimentos, é de R$ 1,27 bilhão, em todo o país.

Fonte: Receita Federal do Brasil

Luciano Guedes | Luciano.guedes@consult.com.br