Em setembro de 2021, o Supremo Tribunal Federal reconheceu, por unanimidade, que os valores relativos à Taxa Selic decorrentes de repetição de indébito tributário não compõem a base de cálculo para a tributação do IRPJ e CSLL. Os ministros do STF, em 29/04/2022,...